Um Garoto Espacial | Nosso Amiguinho
    • Você conhece a revista Nosso Amiguinho Júnior? É uma publicação para crianças em fase de alfabetização, que oferec… https://t.co/SNboMvVqgK

      Dec 01, 2017

Um Garoto Espacial

Numa tarde de sol, na capital paulista, conhecemos um amigo muito especial: João Paulo Guerra Barrera. Ele tem 7 anos e foi o primeiro brasileiro a ganhar um prêmio da NASA (Agência Espacial Americana), através do concurso anual NASA Ames Space Settlement Contest. Neste ano, o tema foi “estações espaciais”. Concorrendo com mais de 6 mil estudantes do mundo inteiro, João Paulo ganhou o prêmio de Mérito Literário. Como tudo isso aconteceu? Veja o que nossa Turma descobriu.

Tudo começou com um livro, certo?

Isso mesmo. Escrevi o livro No mundo da Lua e dos planetas, que conta a história de três amigos que fizeram uma viagem pelo espaço. Depois, criei o jogo de computador Sonic World Space Settlement, baseado no livro. Foi com o jogo que ganhei o concurso.

Acesse jpbarrera.com.br e conheça o jogo premiado e mais curiosidades sobre o João Paulo.

De onde veio a ideia do livro?

Veio da minha cabeça, quando eu tinha 5 anos. Gosto muito de ler livros e ver vídeos sobre o espaço. E por isso quis criar a minha história também. O livro é escrito em português e inglês, para que mais crianças possam ler.

Viajar pelo espaço deve ser muito legal. Imagine só!

Sim! Eu quero ser astronauta um dia.

No livro, os personagens usam um foguete reciclado. Como surgiu essa ideia?

O material reciclado é mais barato e ainda ajuda a deixar nosso planeta mais limpo. As crianças precisam ajudar a não jogar lixo nas ruas, nos rios. Quando ando de carro, não jogo o lixo pela janela; espero chegar num lugar em que tenha uma lixeira.

Fale mais sobre o jogo que você criou.

Criei o jogo com ajuda do meu professor de programação. Eu pensava o que os personagens podiam fazer e ele me ajudava a montar o jogo. Juntei duas coisas que eu gosto: livros e jogos. Assim as crianças podem ler e se divertir ao mesmo tempo.

Como surgiu a ideia de participar do concurso da NASA?

Na Bienal do Livro (2016) conhecemos o Ivan, um cientista que divulga o concurso no Brasil. Meus pais perguntaram se eu queria participar e eu gostei muito da ideia.

Ganhar um concurso deve ser demais! Conte pra gente como foi.

Fiquei muito feliz. Estava concorrendo com muitas crianças. Em maio viajei com meus pais para St. Louis, uma das sedes da NASA. Lá recebi a premiação e fiz um discurso. Estava ansioso pra começar logo. Foi muito legal!

Você está escrevendo um segundo livro. Como vai ser?

O livro vai se chamar Morando no espaço. É a continuação do primeiro, com os mesmos personagens, mas nesse também terá eu e minha família. Minha nova missão é ajudar as crianças a entender que os livros são nossos melhores amigos.