Telas viciantes – Nosso Amiguinho
Missing Consumer Key - Check Settings

Telas viciantes

A tecnologia pode ser tanto uma grande aliada como uma inimiga das crianças. Mesmo os adultos, ainda que não tenham nascido na era digital, podem apresentar comportamentos de vício. 

Para evitar que os filhos cheguem nesse nível, os pais devem auxiliar e ensiná-los a administrar o tempo que passam nos dispositivos eletrônicos. Aqui vão algumas dicas:

1) Usando a linguagem da criança, fale sobre os prejuízos que o uso inadequado das tecnologias pode trazer para seu desenvolvimento;

2) Negocie com seu filho um tempo adequado de uso. O combinado pode ser diário ou semanal;

3) Use as telas como ferramentas de aprendizagem, para que a criança enxergue algo além do entretenimento;

4) Respeite a idade para as redes sociais. Nada de criar perfis antes da hora certa;

5) Evite usar as telas como uma recompensa ou um castigo, pois isso faz com que se tornem ainda mais difíceis de resistir;

6) Selecione jogos adequados à idade da criança, de preferência que contribuam para seu desenvolvimento e aprendizado. Descarte jogos violentos, por exemplo;

7) Proponha outras atividades, como passeios, brincadeiras ao ar livre, etc.;

8) Observe se você mesmo não está viciado e vive grudado no celular. Nenhuma dessas medidas vai adiantar se você não for o exemplo.