Senso de justiça – Nosso Amiguinho
Missing Consumer Key - Check Settings

Senso de justiça

O ser humano não é naturalmente justo. Ao observar crianças brincando, por exemplo, podemos perceber algumas atitudes que revelam essa condição. Porém, o senso de justiça pode e deve ser ensinado e estimulado. Para tanto, os pais desempenham um papel fundamental de orientação, aconselhamento e exemplo. Quer saber como? Acompanhe a seguir:

  1. Dentro de casa, o senso de justiça pode ser estimulado pelo hábito de partilhar as tarefas do lar, dividir comida e objetos e aprender a respeitar a vez do outro. Essas atitudes criam um ambiente familiar mais harmonioso. 
  2. Quando a criança estiver em algum conflito, seja dentro de casa ou com crianças fora do círculo familiar, perceba como ela vai resolver a questão. Se não houver iniciativa por parte da criança, ou se ela não estiver resolvendo o problema da maneira apropriada, os pais devem entrar em ação, orientando acerca da melhor resolução. É preciso explicar que más atitudes geram consequências ruins, como tristeza e inimizade e que, por outro lado, boas atitudes trazem boas consequências, como alegria e amizade.
  3. Outro papel da família é orientar seus filhos sobre questões sociais, como desigualdade, preconceito, política, etc. Explique quais são os direitos e deveres de todas as pessoas. Conscientize a criança acerca de sua responsabilidade social e a diferença que ela pode fazer no mundo.