Questão de honestidade | Nosso Amiguinho

Questão de honestidade

– Filho, preciso que você vá à mercearia comprar tomate – a mãe de Paulo falou enquanto lhe entregava o dinheiro.
Passados alguns minutos, Paulo voltou. Estava com a cabeça baixa e não olhava direito para a mãe.
Ela logo perguntou:
– Paulo, está tudo bem?
– Está sim, mãe.
Mas as mães sempre sabem quando algo não está certo.
– Onde está o troco?
Depois de alguns segundos de silêncio, ele finalmente respondeu:
– Não sobrou troco.
A mãe se aproximou, olhou nos olhos de Paulo e perguntou o que havia acontecido. Ele, envergonhado e deixando escapar uma pequena lágrima, desabafou:
– Lá na mercearia, vi um carrinho que eu queria comprar. Mas não tenho dinheiro suficiente… Então pensei em guardar o dinheiro do troco para comprar o carrinho depois. Sinto muito, mãe. Eu sei que foi errado.
– Foi errado mesmo, Paulo! É sempre errado guardar para si algo que não é seu.
Paulo tirou o troco do bolso e entregou tudo para a mãe, prometendo nunca mais fazer aquilo. E você, o que faria no lugar dele?

Texto: Dayane