Posso andar de bicicleta? | Nosso Amiguinho

Posso andar de bicicleta?

Júlia gostava muito de andar de bicicleta. Ela ia à pracinha, dava voltas no quarteirão, visitava algumas amigas – e fazia tudo isso em sua bicicleta, com a autorização dos pais. Eles não se preocupavam muito porque moravam em um condomínio.

Um dia, Júlia pediu:

– Mãe, posso apostar corrida de bicicleta com a Cecília?

– Mas sua bicicleta está quebrada, filha.

– Eu sei – respondeu a garota –, mas ela vai primeiro e, depois, vou eu, na bicicleta dela.

– Não. É melhor vocês brincarem de outra coisa!

Mas Júlia queria tanto andar de bicicleta… Ela escolheu desobedecer, porque não podia entender a razão dessa proibição.

Primeiro, Cecília pedalou de um ponto a outro, e Júlia marcou o tempo da amiga. Depois, foi a vez da Júlia. Ela se posicionou no mesmo ponto inicial e queria, de qualquer jeito, superar o tempo da amiga. Então, pedalou rapidamente, mas ela não viu uma pedra na rua. Por isso, não desviou e, como estava com velocidade, passou voando sobre o guidão e se estabacou um pouco mais à frente. Isso lhe rendeu um braço quebrado!

A mãe teve compaixão, levou-a ao médico, cuidou da filha, mas também a fez se lembrar de que, se ela tivesse obedecido, isso não teria acontecido.

Você obedece seus pais? Mesmo quando você não entende a razão?

 

Texto: Sueli Ferreira de Oliveira