Picada de inseto | Nosso Amiguinho

Picada de inseto

Saber o que fazer em caso de picada de inseto vai depender, em primeiro lugar, de qual inseto foi responsável pela picada. Em parques, por exemplo, as picadas mais comuns são as de abelhas e vespas. Nesse caso, se a criança não for alérgica, não é preciso se alarmar, apenas seguir alguns passos. Primeiro, veja se o ferrão se alojou na pele e retire-o. Depois, lave a região com água e sabão e oriente a criança a não coçar ou evitar o máximo que puder.

Contudo, se a picada for na região da face, vai requerer uma atenção a mais. Na região cervical, perto do pescoço, por exemplo, a picada pode causar um edema (inchaço por acúmulo de líquido) e prejudicar a respiração.

Caso o agente seja peçonhento, como escorpiões e aranhas, é indispensável a busca por atendimento médico. Afaste a criança do animal, tente identificá-lo e, se possível, capture e leve-o junto para o pronto socorro. Casa não consiga, tente tirar uma foto e fornecer o máximo de detalhes que ajudem a identificar o animal.

 

 

Rafaela Vitorino