Interação digital – Nosso Amiguinho
Missing Consumer Key - Check Settings

Interação digital

Dizem que estamos na era digital. Grande parte do mundo está conectada à internet com seus computadores, celulares, tablets e todo tipo de dispositivo. Quem sabe, seu filho já tenha entrado em contato com o meio digital ou tenha até o próprio celular. Mas, você entende como deve ser a interação entre a criança e o meio digital?

De acordo com um estudo publicado em 2013 pela Academia Americana de Pediatria (AAP), crianças com menos de dois anos não devem ter contato com os dispositivos móveis, como tablets e smartphones. Mesmo depois dessa idade, o uso requer cuidados e limites. Veja as recomendações de tempo de exposição:
De 0 a 2 anos: nenhum;

Dos 3 aos 5 anos: no máximo 1 hora por dia;

De 6 anos em diante: limite de 2 horas ao dia, de acordo com a necessidade e rotina da criança.

Além de controlar o tempo, é preciso acompanhar e supervisionar o conteúdo que seu filho está acessando. O uso excessivo e descuidado pode acarretar uma série de problemas, como insônia, obesidade, problemas emocionais e problemas de desenvolvimento cerebral. Com o uso correto, a tecnologia não é uma vilã, mas, uma aliada.