Depressão infantil | Nosso Amiguinho

Depressão infantil

A tristeza, apesar de ser um sintoma da depressão, é diferente dela. Enquanto a tristeza é uma emoção que vem e volta, a depressão provoca mudanças persistentes no comportamento e no humor.

Assim como os adultos, as crianças estão suscetíveis à depressão. Nesse caso, os pais desempenham um papel fundamental na identificação do problema, mas precisam estar atentos para não confundir tristeza com a doença.

Desde cedo, os pais devem ensinar às crianças a lidar com a tristeza, passível de durar horas ou dias. Porém, se ela persiste e está impactando a rotina, fique atento. Observe, também, se seu filho está mais retraído, inseguro, se isola-se com frequência, diminuiu o desempenho escolar, parece ter perdido o prazer naquilo que gostava e tem medo até de processos naturais (como dormir e comer sozinho), pois esses são sintomas da depressão.

Ainda assim, é importante lembrar que apenas um psicólogo pode dar o diagnóstico. Consulte sempre um especialista e conte com as orientações dele para tratar o problema, se esse for o caso do seu filho.