Arquivos Para Pensar | Nosso Amiguinho
    • Quando foi a última vez que você comprou um livro para o seu filho? Não deixe para depois! Visite nossa seção de l… https://t.co/Jpi7tNDEmW

      Apr 18, 2019

Categoria: Para Pensar

Aniversário dele
Aniversário dele

Quando o Natal está chegando, você já viu propagandas por aí? Como estão as vitrines das lojas de sua cidade? As pessoas estão nas ruas, comprando, gastando um pouco mais de dinheiro, planejando suas festas… Essas coisas não são ruins, mas não mostram o verdadeiro significado do Natal.

Sabe o que Natal significa? Nascimento. Isso mesmo, o Natal é o aniversário de Jesus. Por que será que as pessoas falam tão pouco sobre isso nesta época? E justamente Jesus, que é tão importante para todos nós.

Como podemos fazer do Natal um tempo especial? Como o Menino Jesus pode representar para você mais do que algo que aconteceu muitos anos atrás? Pense nisso!

Gratidão
Gratidão

Vinícius acordou bem cedo naquele domingo. Seria um longo dia! Ele quase não conseguiu engolir o café da manhã, pois o ônibus para a excursão ao zoológico já estava em
sua porta.

No zoo, Vinícius se divertiu a valer. Pela manhã, ele riu com as gracinhas dos macacos, ficou impressionado com o tamanho do pescoço da girafa e sentiu um pouquinho de medo da bocarra do jacaré. Na hora do almoço, comeu sanduíche, bebeu suco e chupou picolé. À tarde, Vinícius e seus amigos visitaram o viveiro das aves, tentaram contar as listras da zebra e ainda deram uma passadinha na jaula do leão.

Ufa, foi um dia realmente cheio de novidades! Ao chegar em casa, Vinícius estava muito cansado. Tomou um banho e foi direto para a cama. Mas, antes de dormir, Vinícius conversou com Deus. Ele agradeceu o dia maravilhoso, a família, os amigos, o lanche do almoço. Enfim, Vinícius agradeceu a vida e o cuidado de Deus durante todo o passeio.

Você também costuma agradecer a Deus? Pense em três motivos que você tem para demonstrar gratidão a Ele hoje.

Perdão
Perdão

A Mara nem podia acreditar que a Duda tinha esquecido de convidá-la para sua festa de aniversário.

– Tenho certeza de que ela não fez isso maldosamente – disse a mãe. – Tente perdoá-la.

– Nem pensar – disse Mara. – Eu achava que ela era minha amiga, mas parece que me enganei.

A mãe chamou a filha para sentar-se perto dela e perguntou:

– Filha, você acha que Deus nos perdoa das coisas ruins que fazemos?

– Claro que perdoa.

Então a mãe abriu a Bíblia em Mateus 6:12 e leu uma parte da oração do Pai-Nosso:

– “Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores.”

– Mas é tão difícil! – interrompeu a filha.

– Eu sei, filha – falou a mãe, abraçando a menina. – Mas você consegue.

O que você acha que podemos fazer para mudar os sentimentos em relação a uma pessoa, se for preciso?

Lealdade
Lealdade

Mário e Lucas são amigos. Eles brincam juntos todas as tardes. Correm, andam de bicicleta, assistem à TV, criam mocinhos e bandidos.

Mas, na escola, Mário e Lucas não são assim tão amigos. É que alguns meninos mais velhos costumam provocar Lucas com brincadeiras desagradáveis. Para não ser importunado, Mário faz de conta que nem conhece Lucas.

Será que Mário é um amigo verdadeiro? Ele é leal? Por quê? O que você faria no lugar dele?

A vontade de Deus
A vontade de Deus

– Por que temos que mudar de cidade? – perguntou Gabriel, pondo mais um brinquedo na caixa.

– É a vontade de Deus – respondeu o papai.

– Como é que você sabe?

Papai sentou-se diante do filho e disse que, muito tempo atrás, Deus falava diretamente com as pessoas. Mas agora Ele faz isso através da Bíblia, com tudo o que está escrito ali. Não há nada na Bíblia sobre Gabriel mudar de cidade, mas seu pai garantiu que Deus nos ajuda a saber o que Ele deseja de nós.

– Se é a vontade de Deus, deve ser melhor para nós – concordou Gabriel, guardando outro brinquedo.

De que outra forma você pode descobrir qual é a vontade de Deus?

Planejamento
Planejamento

Tenho dez moedas iguais.

1 pertence a Deus.

2 vão ajudar outras crianças a aprender acerca de Jesus.

3 vão para meu cofrinho. Vou precisar delas quando for à escola.

4 vão para minha bolsinha de moedas. Quando eu for fazer compras com a mamãe, vou comprar dois balões: um para mim e outro para minha amiga.

Eu tinha dez moedas iguais. Usei cada uma delas com bastante inteligência.

Simplicidade
Simplicidade

Vejo muitas e muitas bonecas quando vou à loja, mas não compro nenhuma. Eu já tenho o suficiente.

Vejo fileiras de lindas roupas: jaquetas vermelhas e azuis, mas compro apenas um par de calças. Isso é tudo o que eu preciso.

Quando vamos ao supermercado, vejo todo tipo de bombons, mas mamãe compra apenas as coisas de que precisamos. Eu gostaria de comprar uvas, mas elas estão muito caras agora. Compraremos uvas quando estiverem mais baratas. Algumas crianças nunca comeram uvas.

Há muitas coisas que eu gostaria de ter, mas compro apenas o que é necessário.

Hábitos de saúde
Hábitos de saúde

Gosto de biscoitos redondos, biscoitos quadrados,
biscoitos macios, todos os biscoitos; mas, se eu comesse somente biscoitos, ficaria doente!

Gosto de flocos de milho na refeição da manhã, no
almoço, no jantar; mas, se eu comer somente flocos de
milho, ficarei doente!

Eu gostaria de comer durante quase o tempo todo, mas minha mãe diz:

– Seu estômago precisa descansar.

Portanto, eu como somente à hora das refeições, e não fico doente!

Amor ao próximo
Amor ao próximo

Fomos visitar Judite. Ela não tem brinquedos. Dei-lhe minha boneca preferida. Fiquei sem minha boneca, mas Judite está muito feliz com ela.

Depois do almoço, mamãe me deu uma laranja. Fui brincar com Maria. Ela não tinha laranja. Dei metade da minha laranja para ela. Isso a deixou muito contente.

O bebê está chorando. Mamãe precisa trabalhar. Eu gostaria de brincar com meus brinquedos, mas fui brincar com o bebê. Isso deixou mamãe feliz.

Sinto falta de minha boneca, a metade de uma laranja não foi suficiente para mim, e eu não queria brincar com o bebê. Mas fiquei contente.

Mamãe disse que Jesus também ficou contente.

Higiene
Higiene

Meu pai diz que há pequeninos germes vivendo ao meu redor.

Olho para cima, para baixo e para trás, mas não vejo germe algum.

Os germes podem me deixar doente se eles entrarem dentro de mim.

Não posso ficar com a boca fechada o dia inteiro.

Mas posso fazer alguma coisa para que os germes não entrem.

Posso conservar os dedos fora da boca.

Posso lavar as mãos antes de comer.

E posso tomar banho.

Germes, germes em todo lugar!

Não posso ver nenhum deles, mas não os quero dentro de mim.

 

Texto: A Escada da Vida