Arquivos Comportamento | Página 2 de 3 | Nosso Amiguinho

Categoria: Comportamento

Leitura aproxima pais e filhos
Leitura aproxima pais e filhos

Ler com seus filhos não traz apenas vantagens cognitivas para os pequenos, mas também melhora a relação entre vocês. Quer saber por quê? Acompanhe nosso material.

Ensinando as crianças a lidar com a raiva
Ensinando as crianças a lidar com a raiva

Lidar com a raiva infantil é uma tarefa complicada. Entretanto, os pais não podem desistir e devem ajudar seus filhos a lidar com seus sentimentos e comportamentos.

Diário da Gratidão
Diário da Gratidão

O Colégio Espanhol Santa Maria Minas, em Belo Horizonte, criou o Diário da Gratidão.

Pessoas gratas são mais felizes
Pessoas gratas são mais felizes

Um estudo sobre gratidão demonstrou que pessoas gratas são mais felizes.

Consumismo infantil: como evitar?
Consumismo infantil: como evitar?

Quanto mais cedo forem estabelecidos limites para as crianças, melhor elas vão saber lidar com a situação.

Generosidade infantil
Generosidade infantil

Às vezes, parece que ensinar generosidade é uma tarefa muito árdua. E pode ser mesmo! Mas você vai ver como duas atitudes bem simples podem fazer toda a diferença.

Usar tablets à noite atrapalha o rendimento escolar das crianças
Usar tablets à noite atrapalha o rendimento escolar das crianças

Seu filho tem passado muito tempo em celulares e tablets, principalmente antes de dormir? Um estudo realizado na Inglaterra demonstrou que usar aparelhos durante a noite pode atrapalhar o desempenho escolar das crianças.

Por que as crianças devem ajudar em casa?
Por que as crianças devem ajudar em casa?

“Ajudar em casa não é trabalho para criança.” Quem disse? Saiba que ajudar ensina a ter responsabilidade e a desenvolver autonomia. Mesmo as tarefas mais simples podem transmitir valiosas lições.

Atitudes que prejudicam a criatividade infantil
Atitudes que prejudicam a criatividade infantil
  1. Criticar excessivamente: as críticas têm um papel importante na criação, mas é preciso tomar cuidado ao fazê-las. Elas precisam ser direcionadas ao comportamento e nunca à criança. Exemplo: em vez de gritar: “Você é muito bagunceiro”, use frases como: “Vamos arrumar esses brinquedos juntos” ou “Que tal organizar a gaveta por cores?”
  2. Muito tempo com eletrônicos: ao ficar com os aparelhos ligados, as crianças não se movimentam, não interagem com outras pessoas e não brincam. Isso pode atrapalhar seu desenvolvimento em diversas áreas. 
  3. Manter a criança sempre ocupada: encher a agenda de atividades, sem nenhum tempo livre, não é saudável. Os momentos de tédio são importantes, pois neles as crianças terão chance de desenvolver ideias e usar a imaginação para suprir a “falta de algo”.

 

Rafaela Vitorino

Volta às aulas: como lidar com esse momento

A volta às aulas pode ser estressante para as crianças, pois indica uma quebra de rotina. Entretanto, algumas atitudes podem amenizar esse momento e até torná-lo divertido.