Amar as pessoas | Nosso Amiguinho

Amar as pessoas

Graziela deu um grande abraço na tia.

– É tão difícil dizer adeus, tia Ciça – disse ela.

A tia colocou a mala no chão e abaixou-se para olhar bem nos olhos da pequena.

– Para mim, também é bem difícil, Zizi – respondeu a tia. Zizi era o nome especial como apenas a tia Ciça a chamava. – Amo muito você, e a gente se divertiu tanto juntas na sua casa… Mas sabe de uma coisa? Eu preciso ir. Vou ajudar muitas pessoas.

A tia iria viajar para trabalhar como voluntária em um país distante, ajudando como enfermeira. Graziela apertou bem os olhos para deter as lágrimas. Deu mais um abraço na tia e disse:

– Vou orar por seu trabalho.

– Obrigada, Zizi!

No aeroporto, ao lado da mãe, Graziela viu o avião decolar. A tia estava indo embora nele, mas Graziela estava mais tranquila agora. “Quando crescer, quero fazer um trabalho parecido com esse que a tia Ciça vai fazer”, pensou Graziela, olhando para a mãe. “Vai ser difícil dizer adeus para a mamãe, mas vou precisar fazer isso para ajudar outras pessoas.”

Você também se preocupa com as outras pessoas? Como você pode mostrar que elas são importantes para você?