Ai, minha cabeça! – Nosso Amiguinho
Missing Consumer Key - Check Settings

Ai, minha cabeça!

Bater a cabeça pode ser bem comum durante a brincadeira, quando uma criança esbarra em outra, ergue ou pega um brinquedo de mau jeito, ou cai, por exemplo. Independentemente do motivo, os pais devem ficar atentos a três fatores principais: altura, velocidade e área do trauma. Geralmente, as batidas mais graves envolvem maiores alturas e quedas em movimento, como cair de bicicleta enquanto pedala.

Outro motivo de atenção é se a lesão for na lateral da cabeça, conhecida como região parietal.

Assim, a primeira medida deve ser avaliar o que causou a batida e se a criança está apresentando sintomas como inchaço, corte com sangramento, sonolência e vômito, sendo os dois últimos mais graves. Nesses casos, deve-se procurar atendimento médico.